Este site utiliza cookies. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Saiba mais sobre a nossa política de privacidade e o uso de cookies ACEITAR

5 dicas de SEO para maximizar links internos

dicas seo maximizar links

 

 TENHA ACOMPANHAMENTO PROFISSIONAL! CONTACTE-NOS 

 

Quer impulsionar a sua estratégia de links internos e o desempenho do seu site? Neste artigo selecionámos as 5 melhores técnicas para si! Para uma ajuda mais especializada conte com os profissionais em estratégias de SEO da Lusodados.

 

1. Engajament

Quando adiciona links internos à sua página, isso dá às pessoas a oportunidade de visitar outras páginas relevantes no seu site, melhorando assim as suas métricas de engajament. Sabe que os seus links internos estão a funcionar quando melhora o engajament.

 Existem alguns motivos técnicos do Google para isso. O Google tem vários processos em vigor para medir os links nos quais as pessoas estão realmente a clicar ou o que poderiam ter clicado. Agora pense onde poderia colocar os seus links internos. Está a colocá-los no final da página, como numa postagem relacionada?

 Poderá dizer que os seus links internos estão a funcionar e que têm valor quando ver que as suas métricas de engajament começam a melhorar. Portanto, essa deve ser a medida ou padrão número um para determinar se os seus links internos são valiosos e se estão a funcionar.

 

2. Relevância tópica extrema

Deve criar um link para páginas relevantes por tópico.

Sempre que se se publica uma nova página, deve-se procurar outras páginas do seu site que estão muito relacionadas aos tópicos. Certifique-se de interligá-las de forma adequada para que possa obter o impulso certo de classificação para as páginas que deseja. Links que são menos relevantes topicamente passam menos valor. Pode analisar as suas métricas de engajament para ver se esses links são relevantes por tópico, porque as pessoas geralmente não querem clicar em links menos relevantes por tópico. 

 

3. Adicionar contexto

É frequente adicionar um link para uma página. Algumas pessoas encontram apenas um pedaço de texto relevante e adicionam-no um link, sem adicionar nenhum contexto relevante ou qualquer "outra coisa parecida". É bastante melhor adicionar um contexto em torno de um link.

 Quando um potencial cliente vê apenas um link é provável que vá ignorá-lo. Mas se adicionar um texto, se adicionar uma imagem, se adicionar um contexto em torno de um link para ajudar a chamar a atenção das pessoas para ele, isso tudo vai ajudá-lo a dar alguns sinais relevantes ao Google. Portanto, adicione sempre um contexto aos seus links

 

4. Torne cada link único

Torne único cada novo link adicionado. Torne-o natural. Use palavras naturais. Evite o texto âncora de correspondência exata. Assim, evita algo muito fácil de fazer, que é o excesso de otimização. Se tem um novo site sem muita autoridade, o Google possui processos para detetar o excesso de otimização quando pensam que está a tentar manipular as suas classificações.

 Portanto, torne cada link únicoUse palavras naturais. Não se preocupe com proporções. Evite texto âncora de correspondência exata em links internos.

 

5. Elimine links de baixo valor

A ideia de incluir uma grande quatidade de links na sua página não é boa. Se incluir muitos e muitos links, o valor que o Google dá por cada link diminui. Portanto, o melhor é começar a eliminar os links de menor valor da sua página. E, pergunta bem, como considerar um link de baixo valor? Estes links não são envolventes e não são relevantes. As pessoas não estão a clicar neles. Se estes não forem relevantes, não faz sentido incluí-los na página se não estiverem a ser realmente úteis. 

 

Para obter o máximo de poder da sua vinculação interna precisa de meter em prática estas dicas descritas neste artigo!

Mas se precisar de uma ajuda mais especializada, contacte a Lusodados! Temos especialistas em SEO que vão ajudá-lo a impulsionar o seu negócio!

 

 

 

 TENHA ACOMPANHAMENTO PROFISSIONAL! CONTACTE-NOS 

 

 VEJA AS NOSSAS OUTRAS DICAS...

Veja mais artigos do nosso blog...

Precisa de ajuda?

FALE AGORA CONNOSCO

Entramos rapidamente em contacto consigo para tirar todas as suas dúvidas.